quinta-feira, 16 de maio de 2013

Um jogo para Vishnu: Dashavatara Ganjifa




O nome Ganjifa (Gânjaphâ) vem da palavra persa ganjifeh que significa cartão de jogo. 
A primeira referência conhecida deste jogo está em uma biografia de Babur do início do séc. XVI. Babur foi fundador da dinastia Mughal. 
O jogo tornou-se popular na corte, na forma de conjuntos luxuosos de pedras preciosas incrustadas de marfim ou casco de tartaruga. 
Mais tarde ele foi fabricado a partir de materiais mais baratos como a madeira, a folha de palmeira e o papelão, permitindo assim, ser utilizado pelo grande publico. 


A versão persa do Ganjifa
Persian Ganjifa Cards
Atualmente o Ganjifa é um conjunto composto por vinte cartas em cinco cores ou valores. Estes valores são os seguintes:

Shîr va Khurshid ou âs = Leão e Sol, ou Ás.
Shâh ou Pishâ = Rei.
Bîbî =  Dama ou Rainha.
Sarbâs = Soldado ou Valete.
Lakat =  algo de pouco valor, geralmente representado por uma dançarina.

O verso das cartas são sempre pretos ou de cor escura, a parte da frentes têm motivos de cores diferentes: 
o Leão e o Sol = fundo escuro,
o Rei = fundo branco,
a Dama = vermelho,
o Soldado = ouro, 
e  Lakat = verde. 

As imagens nas cartas tem uma grande variedade e algumas vezes são consideradas obscenas, particularmente as que tem um valor menor.

Os tipos mais comuns agora são representados assim:
Ás =  o Leão e Sol, como nas armas persas,
O Rei = sentado em um trono,
A Dama = uma senhora europeia em traje pitoresco,
O Soldado - um soldado persa carregando um fuzil nos ombros,
A Dançarina = uma dançarina persa.


Dashavatara Ganjifa





As cartas Ganjifa (acima) foram impressas utilizando o método de cromo-litografia pela Chitrasala Press em 1950, o verso as cartas são nas cores preta, vermelha ou branca.
Todos os Pradhans (líderes) são mostrados montados em cavalos brancos e Vishnu é representado pelo naipe Raja.

O Dasavatara Ganjifa é composto de 120 cartas circulares, onde cada um dos dez avatares formam um conjunto. Este jogo baseia-se nas dez encarnações de Vishnu.
Não se sabe se eles foram utilizados ​​para os rituais religiosos ou simplesmente para diversão. Como eles foram todos criados e pintados à mão, eles representam uma arte da mais alta ordem, uma janela para pinturas em miniatura da época.


Cartões sortidos Dasavatara Ganjifa - pintados à mão/1960

Os naipes (encarnações de Vishnu) são: 
Matsya = Peixe 
Kurma = Tartaruga
Varaha = Javali 
Narasimha = Leão 
Vamana = Pote de água 
Parashurama = Machado
Rama = Arco e flecha, ou Macaco
Krishna = Vaca 
Buda = Concha 
Kalki = Espada ou Cavalo

Vale conferir a galeria de imagens de vários baralhos Ganjifa:
http://ignca.nic.in/img_0002_ganjifa001.htm

Fontes dos textos e imagens:
http://www.wopc.co.uk/india/dasavatara.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Ganjifa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros olhares