quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Bandeira da Índia - Ashoka Chakra

Hoje, dia 15 de Agosto, é comemorado na Índia o Dia da Independência.
Acabei encontrando na Wikipédia muita coisa interessante sobre as várias bandeiras que a Índia teve ao longo de sua história.
Como gosto de saber sobre as bandeiras dos países e seu simbolismo, achei muito bonito saber o motivo pelo qual o Ashoka Chakra se faz presente nesta bandeira ao longo do tempo e também pelo simbolismo nas cores da bandeira, sobretudo açafrão.
Resolvi, então postar aqui um pouco do que li, mas sugiro que se for de seu interesse leia tudo, afinal o saber nunca é demais. 
Sinto uma afinidade profunda com este povo, não só pela cultura, mas sobretudo pela maneira de ver e viver a vida que são um grande legado que os indianos deixam para a humanidade, valores como respeito e liberdade, tão esquecidos e deturpados pela nossa sociedade nos dias atuais.
Então com todo o respeito e reverência dou Vivas à Índia!

Bandeira da Índia adotada em Julho de 1947

A bandeira nacional da Índia foi adotada durante uma reunião ad hoc da Assembleia Constituinte realizada em 22 de Julho de 1947, vinte e dois dias antes da independência indiana do Reino Unido em 15 de Agosto de 1947. Ela foi usada como bandeira nacional do Domínio da Índia entre 15 de Agosto de 1947 e 26 de Janeiro de 1950 e, logo após, da República da Índia. Na Índia, o termo "tricolor" [Tirangā – तिरंगा (em hindi)] quase sempre é utilizado para se referir à sua bandeira nacional. A bandeira nacional, adotada em 1947, é baseada na bandeira do Congresso Nacional Indiano, desenhada por Pingali Venkayya. Ela é um açafrão profundo no topo, branco no meio e verde em baixo horizontal tricolor. No centro, existe uma roda azul-marinho com vinte e quatro raios, conhecido como o Ashoka Chakra, extraído do Capitel do Leão de Ashoka (അശോകസ്തംഭം, em hindi) erguido em cima do Pilar de Ashoka em Sarnath. O diâmetro desse Chakra é três-quartos da altura da faixa branca. A relação da largura da bandeira para o seu comprimento é 2:3.
A bandeira é também a bandeira de guerra do exército da Índia, içada diariamente em instalações militares.
As especificações da bandeira oficial exigem que ela seja confeccionada apenas de "Khādī", um tipo especial de pano feito a mão que ficou popular porque o líder Mahatma Gandhi a usava. A exibição e a utilização da bandeira são estritamente impostas pelo Código da Bandeira da Índia.Uma descrição heráldica da bandeira deve ser  Partida por um fess de Açafrão e Vert em uma fess Argent e um Azure de "Chakra".

Simbolismo

Ashoka Chakra - A Roda da Justiça - Dharma 

Poucos dias antes da Índia se tornar independente em 15 de Agosto de 1947, a Assembleia constituinte decidiu que a bandeira da Índia teria de ser aceitável a todos os partidos e comunidades da época. Uma bandeira com três cores, açafrão, branco e verde com o Ashoka Chakra foi escolhida. Sarvepalli Radhakrishnan, quem depois tornou-se o primeiro vice-presidente da Índia, deixou claro que a bandeira adotada descreve seu significado a seguir:
"Bhagwa, ou a cor açafrão denota renúncia. Nossos líderes tem de ser indiferentes a ganhos materiais e se dedicar ao seu trabalho. O branco no centro é leve, o caminho da verdade para guiar nossa conduta. O verde mostra nossa relação com (o) solo, nossa relação com a vida vegetal, sobre o qual todos os outros no qual sua vida depende de nós. O "Ashoka Chakra" no centro do branco é a roda da lei de Dharma.
Verdade ou Satya, Virtude ou Dharma, isto deveria ser o princípio do controle daqueles que trabalham sob esta bandeira. Novamente, a roda denota movimento. Existe morte na estagnação. Índia não deveria mais resistir a mudança, deve mover e ir para frente. 
A roda representa o dinamismo de uma mudança pacífica. Representa também as 24 horas em um dia."  Sarvepalli Radhakrishnan 

Uma interpretação que é popularmente conhecida, mas não é oficial, é de que o açafrão significa pureza e espiritualidade, branco significa paz e verdade, verde é para fertilidade e prosperidade e a roda significa justiça.

Conheça outras bandeiras da Índia ao longo da história

---------------------

Ashoka Chakra




O Ashoka Chakra é uma representação do Dharmacakra, uma Roda do Dharma Sânscrito: Chakra significa roda). A roda tem 24 raios.

O Ashoka Chakra tem sido amplamente inscrito em muitas relíquias do Imperador Máurio Asoka, o Grande (que reinou de 273 a 232 a.C.), mais proeminente entre os quais estão o Lion Capital of Sarnath e Pilar de Ashoka.

O mais visível uso do Chakra Ashoka hoje está no centro da bandeira nacional da República da Índia (adotada in 22 de Julho de 1947), onde é representado com a cor azul-marinho num fundo branco, substituindo o símbolo do Chakra (roca de fiar) das versões pré-independentes da bandeira. Ashoka Chakra pode também ser vista na base Lion Capital of Asoka, no qual foi adotado como Emblema Nacional da Índia.

História e razão por trás do design

O Ashoka Chakra foi construído pelo Imperador indiano Asoka, o Grande em seu reinado. Chakra é uma palavra em sânscrito no qual também significa círculo ou processo que se repete. O processo significa que é o círculo do tempo, como o mundo muda com o tempo. O cavalo significa precisão e velocidade, enquanto o touro significa trabalho duro.

Os vinte e quatro raios na roda do chakra representam vinte e quatro virtudes:

Amor
Coragem
Paciência
Tranquilidade
Gentileza
Bondade
Fidelidade
Brandura
Autocontrole
Altruísmo
Autos sacrifício
Veracidade
Retidão
Justiça
Misericórdia
Benevolência
Humildade
Empatia
Simpatia
Conhecimento piedoso
Sabedoria piedosa
Moral piedosa
Temor reverencial de Deus
Esperança/confiança/fé na bondade de Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros olhares