segunda-feira, 1 de outubro de 2012

A Roda do Arco-Íris

 Unidade / Consciência da totalidade


Roda do Arco-íris, doadora da Vida
Com suas chuvas purificadoras.
Unindo todas as cores, os Filhos da Terra
Voltarão a andar em Paz.

Roda do Arco-íris, anuncias
Que os teus Guerreiros já estão de pé,
Irmãs e Irmãos em harmonia,
A tua Luz em seus olhos.

Roda do Arco-íris, toca os nossos corações,
E nós por certo vaoremos. Não sós ou separados,
Nossas cores rodopiando no céu.

Simbolismo:
Entre os Navajos e os Hopis a Deusa da Roda do Arco-Íris, ou do Círculo do Arco-íris, é a portadora das chuvas amigas que alimentam as Três Irmãs - Milho, Abóbora e Feijão - durante o verão, para que o Povo também possa ser alimentado. Vemos muitas vezes uma imagem da Roda do Arco-Íris servir como tema para a Pintura na Areia, uma Antiga Arte de Cura Sagrada empregada pelos Clãs de Cura destas nações.
A Deusa da Roda do Arco-Íris chega de todas as Quatro Direções e gira como uma suástica, de modo a cobrir todas as direções. O lado de fora do Círculo Sagrado é protegido por outra Deusa da Roda do Arco-Íris, que se inclina no Espaço, criando com seu próprio corpo um cálice que recolhe a chuva e protege todo círculo. Sem as bênçãos da Chuva, as Três Irmãs morreriam e o Povo não poderia mas continuar a ser alimentado. A Roda do Arco-Íris representa a promessa de Paz entre todas as Nações e entre todo o Povo. A Raça do Arco-Íris vem reforçar a igualdade entre as nações e se opõe a idéia de uma raça superior que controlaria ou conquistaria outras raças. A Raça do Arco-Íris vem para trazer a Paz, através da consciência de que todas as raças constituem na verdade uma raça só. O Arco-Íris encarna a idéia da Unidade de todas as cores e a idéia de que todos os credos devem trabalhar juntos, visando o bem comum. Quando todos os Caminhos que conduzem a Totalidade forem respeitados por todos os povos, a profecia do Arco-Íris estará sendo cumprida.


Aplicação:
Se a Roda do Arco-Íris apareceu em sua sequência, você está sendo solicitado a remover qualquer tipo de discórdia em sua vida, a fim de crescer. Não alimente a negatividade. Observe todas as lições que estão sendo apresentadas neste momento, aprenda com elas, e depois concentre sua atenção no sentido de  em criar nova beleza e mais abundância em sua vida. Não se permita a ser preso na areia movediça de pequenos tiranos(*).
Quando os nossos oponentes são dignos e verdadeiros, nos dão lições que promovem o nosso crescimento e que nos abrem  para um sentido maior de unidade com o Todo.
Os indivíduos prepotentes e mesquinhos não são dignos de sua atenção ou sua energia. Você não precisa assumir os problemas dos outros quando a discórdia é devido à sua falta de unidade e compreensão entre s pessoas.
Envolva qualquer discórdia com a imagem da Roda-do-Arco-Íris da Paz e sinta-se Uno com o  Grande Mistério, mantendo o olhar fixo num Objetivo Maior, e os pés no Caminho Sagrado da Beleza. Lembre-se sempre que você possui a força interior necessária para superar todos os obstáculos à União que possam, eventualmente, estar surgindo em seu Caminho.

(*)Esta carta me caiu como uma luva.
Neste final de semana que passou, tive contato direto e desagradável com pequenos tiranos. Crianças que poderiam ser corrigidas e educadas por seus tutores que nada mais são do que adultos tirânicos)!

Fonte: As Cartas do Caminho Sagrado, por Jamie Sams -ilustrado por Linda Childers

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros olhares